A Comissão Permanente de Mobilidade Urbana realizou na manhã de hoje (1º), no Plenarinho da Câmara Municipal de Campo Grande, mais um debate sobre os gargalos do trânsito em Campo Grande. Presidida pelo vereador Prof. André Luís (Rede), estiveram presentes além do vereador, o diretor da Agereg, Odilon de Oliveira, a diretora-adjunta da Agetran, Andreia Figueiredo, representante Consórcio Guaicurus, Robson Strengari,  os vereadores Ronilço Guerreiro (Podemos), Edu Miranda (Patriota) e Zé da Farmácia (Podemos), e lideranças de bairros.

O Vereador destacou o aprendizado e os avanços com os debates promovidos a cada mês. “Campo grande tem vários gargalos na questão de mobilidade urbana e, em cada reunião, evoluímos em algum ponto. Destaco a importância da permanência dessas reuniões uma vez ao mês e convido a população, as associações de moradores, e os vereadores para participarem das discussões”, disse.

Ele destacou que as discussões possibilitam atender as demandas dos bairros e compreender de que maneira o Legislativo pode atuar com o Executivo para melhorar a qualidade do transporte. “Iremos começar a pontuar os problemas e identificar soluções, a exemplo da questão do corredor de transporte. Hoje, ocorre um abandono do transporte porque ele é demorado, então temos que achar uma solução para isso. Precisamos torná-lo mais dinâmico, para que a gente possa optar pelo transporte coletivo”, destacou o presidente da comissão.

Os gargalos da mobilidade urbana estão sendo debatidos tecnicamente todos os meses pelos vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande, representantes de órgãos de trânsito e lideranças comunitárias. Na manhã desta quarta-feira (1), o Fórum de Mobilidade Urbana promoveu novo encontro na Casa de Leis para buscar soluções que possam melhorar o trânsito e, inclusive, favorecer o transporte coletivo em detrimento ao particular.

Participaram do debate com os vereadores, nesta quarta-feira, o diretor da Agereg (Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados), Odilon de Oliveira, a diretora-adjunta da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Andréia Figueiredo, Robson Luis Strengari, representante Consórcio Guaicurus, além de lideranças de bairros. Líder comunitária do Bairro Estrela do Sul, Françoise Almeida, trouxe à reunião reivindicação para retorno da linha de ônibus 216. “Temos 1,5 mil casas no bairro e essa linha está fazendo muita falta. Hoje os moradores estão tendo de esperar de 40 a 45 minutos pelo transporte no ponto”, exemplificou.

A diretora Andréia Figueiredo salientou a importância das reuniões com a sociedade, pedestres, ciclistas, usuários de veículos individuais, motoristas de aplicativos, entre outros para o planejamento das ações de trânsito. “Nosso planejamento vem através de demandas que a população trás. Muitas mudanças, planejamos para o futuro, temos muitas questões desenhadas em cima de dados e vamos evoluindo. Quanto mais nos reunirmos, discutirmos com a Câmara, com os presidentes de bairros, com diferentes setores, mais as coisas vão fluir porque teremos apoio da população para implantar”, afirmou.

A próxima reunião promovida pelo Fórum de Mobilidade Urbana está marcada para o dia 06 de julho e terá como tema ‘Panorama do Consórcio Guaicurus sobre o transporte coletivo em Campo Grande’ para debater sobre os corredores de ônibus e seus desafios. Os debates são abertos para participação da comunidade.

Assessoria de Imprensa do Vereador Prof. André Luis

Inscreva-se para receber as últimas novidades

Fique por dentro da rotina do gabinete e receba informações sobre ações sociais, utilidade pública, campanhas, etc.

    Como prefere ser chamado(a)? (necessário)

    Qual o seu email? (necessário)

    Qual o seu telefone? (melhor se for WhatsApp)

    Veja a nossa Política de Privacidade aqui.